Out12

Tricaster Tally Light Pro8

Posted by Caneira on 12-10-13  ~  Posted in: Electrónica  ~  Inserir Comentário »

Tally Light Pro8 é um equipamento inovador baseado em microcontroladores atmega328P da Atmel, que permite via wireless, a sinalização Tally e Talent Light para sistemas Tricaster series 4x e 8x.
 
Suporte para até 8 câmaras numa única unidade base emissora.
 
A unidade receptora, para além da sinalização visual Tally Light para o operador, possui tambem sinalização Talent Light frontal de grande dimensão, com controlo independente, que pode ser ligada ou desligada mediante a necessidade ou vontade do realizador.
 
A sinalização para o operador, é feita atravez que um indicador Led RGB de alto brilho. A informação apresentada não se limita simplesmente à indicação de câmara no ar. Um sistema simples baseado em cores, fornece ao operador de câmara a seguinte informação:
 
1 - Vermelho, câmara no ar
2 - Magenta, câmara no ar em mistura com outra câmara
3 - Verde, nenhuma câmara está no ar
4 - Pisca rápido verde / vermelho, sinalização de fora de alçance wireless
 
A configuração de cada unidade receptora para responder como câmara 1, câmara 2, etc, é efectuada de modo simples por DIP Switch, situado na base da unidade.
Suporte de montagem Hot Shoe rotativo de aperto rápido.
Alimentação de 12V, obtida directamente do conector Anton Bauer da câmara (podem ser feitos adaptadores para outros tipos de ficha disponível na câmara).
 
Este projecto, embora ainda em fase protótipo, é já completamente funcional, e tem vindo a ser testado na RTP, em diversas situações de trabalho real. O feedback obtido a partir dos operadores que já utilizaram o sistema montado nas suas câmaras, tem sido muito positivo.
 
A distância de trabalho entre a unidade base e os receptores, como qualquer comunicação wireless, é muito variável em função das caracteristicas do local. Em espaços abertos, ou dentro de um estudio a distância util é superior a 100 metros. 
 A ideia para este projecto surgiu no início de 2013 em conversa com um colega, "expert" em sistemas Tricaster, e desde então tem vindo a ser desenvolvido continuamente, mediante a minha disponibilidade de tempo e financeira.  O custo total deste projecto até à fase actual, já não é propriamente negligenciável.
Mar11

Nem todos os projectos em que nos envolvemos têm de estar relacionados com a nossa actividade profissional, diria até que é saudável que assim não seja.

É o caso deste, que me ocorre agora divulgar aqui. Uma Estação Metereológica amadora, que disponibiliza online e em tempo real,  os dados recolhidos por diversos sensores meteorológicos. Isto nada tem demais, não fosse o facto de o equipamento meteorológico que tinha à disposição, não ter sido projectado para este fim, não dispor  de ligação a um PC, nem ter qualquer outra forma de obter os dados que recolhe, que se destinam apenas a ser mostrados no ecran da consola base. Eis que, entra de novo em cena o maravilhoso Arduino.

Um Arduino, um receptor RF capaz de captar os sinais emitidos pelos sensores de temperatura, humidade, pluviometro, velocidade e direcção do vento, software especifico, alguma paciência, umas noitadas, e já está, os dados prontinhos a ser injectados num PC.

A partir daí, é tudo simples, apenas dá, muito, muito, muito trabalho, mas a satisfação de disponibilizar a toda a população da minha região, um serviço publico de informação meteorológica de interesse relevante, especialmente para os agricultores, vale bem o esforço dispendido.

Aos que tiverem interesse em visitar o site, fica aqui o endereço: MeteoCercal - Meteorologia 

 
Actualização: 11/10/2013

Desde a data da publicação inicial deste artigo, tem sido muita  a evolução da estação meteorológica MeteoCercal, quer ao nível dos instrumentos utilizados, quer na sua vertente web.

Relativamente ao hardware para leitura dos diversos sensores e respectivo envio por RF, actualmente usamos um sistema totalmente desenvolvido "in home", denominado por WeatherDuino. Tambem ele, como fácilmente se depreende pelo nome, está baseado em plataformas Arduino.

O WeatherDuino, alimentado exclusivamente por energia com origem solar, constitui uma estação meteorológica integral, capaz de ler, processar e enviar dados dos instrumentos meteorológicos mais comuns, mas tambem, menos comuns, tais como dados de radiação solar e índice UV. Mais informação sobre as especificações do sistema WeatherDuino, podem ser vistas aqui: WeatherDuino Pro 2 - A full Weather Station based on Arduinos

 

WeatherDuino_Pro2

Jan05

Iluminação Natal controlada por DMX

Posted by Caneira on 05-01-13  ~  Posted in: Iluminação  ~  Inserir Comentário »

O controlo de sistemas de Iluminação, no qual se utilizam grandes quantidades de LED’s RGB com controlo individual, facilmente requer o uso de  milhares de canais DMX, distribuidos por dezenas de universos.

Em Março 2012, comecei o desenvolvimento e implementação de um pequeno projecto pessoal, cujo objectivo era uma iluminação exterior para o Natal de 2012, construida com base em fitas de LED inteligentes (IC6803). Rapidamente constactei que, mesmo sendo um pequeno projecto, o numero total de canais de controlo DMX necessários seria muito elevado, na verdade, mais de mil. Estava criado o primeiro problema.

O controlo e programação dos efeitos pretendidos, não iria ser problema, pois tinha já em vista a utilização do software Magic Q da Chamsys, versão Windows. A razão desta escolha é que este software é exactamente o mesmo utilizado pela Chamsys, nas sofisticadas consolas de luz profissionais da marca. Daqui a algum tempo, tenciono publicar um artigo dedicado especificamente ao software Magic Q.

Resta então por resolver, como fazer o output, a partir de um PC, do elevado numero de canais DMX necessários.

Caso fossem suficientes apenas 512 canais DMX, uma simples interface USB to DMX de baixo custo, resolveria o problema. Mas para mil canais, seriam precisas duas, e o software escolhido, não permite (por razões obvias) a utilização simultânea de duas dessas interfaces económicas. Seria possivel com interfaces da própria marca, de excelente qualidade mas com  custo para além do orçamento disponível. E aí, entra em cena, o ArtNet.

Sumariamente, ArtNet é a designação de um protocolo que permite “encapsular” vários universos DMX e transmi-los em conjunto via um simples cabo CAT5 (vulgo cabo de rede).

Equipamentos profissionais, vulgarmente designados por ArtNet Nodes existem no mercado, mas têm preços de vão das centenas aos milhares de Euros, ficando naturalmente tambem fora de causa para o meu projecto. Felizmente, e graças ao trabalho desenvolvido por vários grupos e comunidades, é possivel encontrar na internet, alguns projectos do tipo DIY (Faça Você Mesmo), que com alguma habilidade manual, conhecimentos básicos de programação e electrónica, tornam possível construir um ArtNet Node, para um ou mais universos, por valores bem mais modestos (menos de 100€).

O objectivo de tudo isto, foi, e é, em primeiro lugar, obter mais conhecimentos, quer sobre o próprio protocolo ArtNet, quer sobre o controlo e programação de sistemas de iluminação baseados em LED’s, que requerem um elevado numero de canais DMX.

Um outro interesse, latente desde à muito tempo, é o de aprender sobre a magnifica plataforma de hardware que é o Arduino, razão pela qual uma das duas opções que acabei por escolher, assenta nesta plataforma.

Assim, e em consequência, foram construidas duas estruturas de hardware com possibilidades de utilização como ArtNet Nodes, ambas já descritas e publicadas neste espaço. Para mais informações sobre este assunto, consulte os projectos ArtNET Node - Home Made , DMX ArtNET Node baseado no Arduino, ou o mais recente 4 Universes DMX ArtNET Node LCD

Se bem que o importante de tudo isto é a aprendizagem e o alargar de conhecimentos, não é menos importante e gratificante ver o resultado da sua utilização prática. Seguem-se algumas fotos e videos, do meu projecto Natal 2012, que para além do desafio que foi a construção dos sitemas de controlo, teve outros, como os sistemas de alimentação, cablagem, e a sua completa protecção contra os elementos naturais, uma vez que uma boa parte do equipamento seria montado no exterior. Apesar da alguns dias de chuva, vento e temperaturas baixas, tudo tem estado a funcionar, doze horas por dia, desde o ínicio de Dezembro,  sem qualquer falha.

Caixas de distribuição de
alimentação e sinal SPI
Caixa estanque com fonte de
alimen. e decoder DMX > SPI 6803
Decoder DMX > SPI 6803
compacto (import. de Israel) 
Decoder DMX > RGB mais
duas unidades ArtNet
Pormenor das fitas LED
com o IC 6803
 
Decoder ArtNet > DMX
4 universos

 

O consumo total da instalação, em pico rondava os 250 Watt, sendo a média de 130 Watt. 

O video abaixo, é um show em versão reduzida com apenas sete minutos. O show completo (desmontado hoje, dia de Reis) tinha cerca de trinta e dois minutos. No entanto, o video não ilustra minimamente o impacto visual desta instalação, cujo elemento central tem três metros de altura e os arcos laterais cinco metros. Serve meramente para ilustrar alguns dos efeitos obtidos.

O video não está grande coisa, mas em compensação, a musica vale bem a pena ouvir, até ao fim.

Obrigado a todos pelas 390 visualizações só no dia de hoje (06-01-2013)

 

 

Natal sem Jingle Bells? Este video foi feito ainda antes da sincronização final luz/audio. Quando ficou pronta, estava muito frio para andar na rua… tadinha da câmara!

 
 

2 4 5 6 7 8